quinta-feira, 21 de março de 2013

Enem: O descaso na avaliação das Redações

 Acompanhamos está semana a publicação de duas redações do Enem de estudantes que tinham o intuito de testar a correção da prova ou apenas fazer uma brincadeira. E assim comprovando a ineficácia na avaliação, onde duas redações que claramente fugiram ao tema, não totalmente - mas parcialmente - porém, não tiveram suas redações anuladas e até adquiriram notas altas em relação ao que deveria ser avaliado. Este ano com a divulgação das redações, ficou mais do que claro o consenso do MEC para que os corretores fizessem “vista grossa” diante de graves erros de português como ''trousse" no lugar de trouxe, "rasoável" em vez de razoável. E quem sabe também ler as redações sem tanta atenção seja a razão dessas notas desconexas.
Estudante escreve receita de miojo na redação do enem e recebe nota 560.


Estudante escreve um trecho do hino do Palmeiras na redação do enem e recebe nota 500.

Mas, afinal, o que a banca realmente avalia? Parece que a teoria não funciona na prática, talvez nem o MEC possa responder essa pergunta. É notório a tentativa de alterar as estatísticas sobre o desempenho dos candidatos no Enem e o desinteresse em oferecer um ensino de qualidade para todos. 
Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl